Fundação ABC fará parte de um centro de pesquisa aplicada em inteligência Artificial

13/12/2021 - Atualizado há 8 meses


Pesquisadores, empresas, instituições parceiras e autoridades participaram no fim de outubro do lançamento do Novo Arranjo de Pesquisa e de Inovação em Inteligência Artificial voltado ao setor do Agro (NAPI Agro), que será implantado na Universidade Estadual de Londrina (UEL). O Arranjo nasce a partir de investimentos da ordem de R$ 1 milhão para custeio de bolsas de estudos direcionadas a pesquisadores de várias áreas. Também estão confirmados repasses de empresas parceiras, que deverão investir outros R$ 750 mil para ajudar na implantação da estrutura que pretende ser referência estadual em pesquisa e inovação, com foco em inteligência artificial a ser aplicada no Agronegócio.

O projeto vem sendo debatido há cerca de dois anos a partir da junção de ideias e esforços de pesquisadores da UEL e de demais parceiros como Embrapa/Soja, Instituto de Desenvolvimento Rural (IDR), Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Prefeitura de Londrina, Sociedade Rural do Paraná, Instituto Senai Tecnológico de Londrina, Sebrae, Organização das Cooperativas do Paraná (Ocepar) e a Fundação ABC.

Segundo Rodrigo Yoiti Tsukahara, o centro de inteligência artificial paranaense já tem algumas metas muito claras. Entre as principais, destaca-se o desenvolvimento de métodos rápidos para detecção de doenças em plantas cuja epidemiologia tem relação direta com variáveis agrometeorológicas, caso do mofo-branco da soja. Outras doenças como a ferrugem da soja também serão estudadas a partir de estudos sobre aerobiologia, que envolve a dinâmica de esporos dentro de modelos numéricos de circulação atmosférica em escala regional ou global. “Outra interação importante da Fundação ABC com o CPA-IA engloba soluções de segurança digital e técnicas computacionais de integração de dados com diferentes escalas temporal, espacial e radiométrica”, explicou o pesquisador da Fundação ABC.

 

 

AGRICULTURA DE DECISÃO: OUTRAS INICIATIVAS, DESAFIOS E OPORTUNIDADES

Além do centro paranaense CPA-IA, a Fundação ABC e seus pesquisadores também participam de um outro centro de pesquisa em inteligência artificial, o C4IA (Center for Artificial Intelligence – C4AI), estabelecido pela parceria e suporte da Universidade de São Paulo (USP) com a empresa IBM.

A missão é produzir pesquisa avançada em inteligência artificial no Brasil, disseminando e debatendo os principais resultados, treinando estudantes e profissionais e transferindo a tecnologia para a sociedade. O C4IA também almeja ser um centro de excelência de nível mundial e uma organização essencial para a comunidade científica e a sociedade brasileira.

Marketing – FABC
com Agência – UEL

Atualizações

Previous Next